Turismo
Conheça 10 praias desertas no Brasil para você relaxar e ser feliz
Quem busca sossego, tranquilidade e descanso total vê nas praias desertas do Brasil o lugar ideal para passar um dia inteiro apenas relaxando

Publicado em 09/03/2022 10:03

Foto/Reprodução


As melhores praias desertas do Brasil estão por todo o país e nem é preciso ir muito muito longe de destinos famosos para encontrar algumas faixas de areia menos movimentadas, sem aglomeração e quase privativas. Praias desertas sempre fizeram parte do imaginário de cenários perfeitos de muitos viajantes para dias perfeitos de férias de verdade.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Quem busca sossego, tranquilidade e descanso total vê nas praias desertas do Brasil o lugar ideal para passar um dia inteiro apenas relaxando e sem se preocupar com absolutamente nada. E como algo nos diz que por um bom tempo será necessário evitar lugares tumultuados e praias lotadas, temos algumas sugestões de praias desertas no Brasil para as suas próximas férias tão sonhadas. E bota sonhada nisso! Comece a se preparar. Sabemos que esse dia vai chegar. E quando chegar, nós vamos a algumas das melhores praias desertas do Brasil!

1- Praia do Satu – Caraíva – Bahia

Chegar à Praia do Satu, em Caraíva, pode exigir um bocado dos turistas, talvez por isso ela permaneça ainda praticamente deserta. Um dos segredinhos mais bem guardados entre as praias da Bahia, a Praia do Satu é para quem não tem medo de caminhar rumo à faixa perfeita de areia. A partir da Vila de Caraíva, serão 5 km a pé até esse paraíso baiano. E cada passo vale a pena!

Repleta de coqueiros, com areia branquinha e mar transparente com lindos tons de azul, a Praia do Satu agrada pelo visual, calmaria e, claro, por ser quase sempre deserta! E dizemos quase sempre porque lá, em dias de “movimento” o quiosque herança do Sr. Satu oferece alguns pasteis logo no início da praia. Para fugir das poucas pessoas que aparecem por lá, basta caminhar mais um pouco em direção à Lagoa do Satu – formada de água doce – ou à Lagoa do Mucaba – de água salgada, ambas à beira-mar. No percurso até a Praia do Satu, não deixe de fazer uma paradinha na Praia da Garagem, na Praia do Lontra e na Praia do Camarão, todas também desertas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

praias desertas no brasil
 

Como chegar à Praia do Satu

Para chegar à Praia do Satu, a partir do vilarejo de Caraíva, atravesse o Rio Caraíva (de barco ou a pé) e siga pela areia por cerca de uma hora. Serão 5 km até a Praia do Satu. O ideal é fazer o passeio na maré baixa, quando a areia está mais compacta e fácil para caminhar. Um pouco depois da praia estão as duas lagoas. Na volta, não deixe para fazer o percurso com a maré muito cheia, o que tornará o trajeto mais difícil. A Praia do Satu também é ponto de passagem para quem faz a famosa caminhada entre a Praia do Espelho e Caraíva. Uma ótima parada no meio do caminho.

2- Praia de Atins – Atins – Maranhão

O pequeno e escondido povoado de Atins guarda segredos ainda pouco conhecidos entre os brasileiros. Com jeitinho de Jericoacoara anos atrás, a Praia de Atins desponta entre os kitesurfistas e atrai a atenção dos turistas que buscam sossego entre as paisagens dos Lençóis Maranhenses. Sim! Apesar de ser mais conhecida pelas lagoas de água doce, a região dos Lençóis Maranhenses também oferece lindas praias desertas e um pôr do sol maravilhoso aos viajantes. E Atins certamente está entre as mais bonitas e desertas faixas de areia da região.

A faixa de areia pode ser dividida entre Atins e Canto de Atins, a depender de onde você estiver. Para ver a praia completamente deserta, basta caminhar um pouquinho para se afastar dos quiosques e casas que servem deliciosos camarões, onde também chegam os 4 x 4 que levam turistas até a região. Vale dizer que, além da praia, com uma curta caminhada será possível chegar às famosas lagoas de água doce. Nada mal para um passeio em meio à paisagem quase deserta do Maranhão. O ideal, para curtir a Praia de Atins bem deserta, é se hospedar por lá!

 

Como chegar à Praia de Atins

O caminho mais fácil até Atins é a partir da cidade de Barreirinhas e quem desejar ir ao povoado poderá escolher entre 4×4 ou lancha. O custo do trajeto de lancha, com 40 minutos de duração, é de R$ 60. Para quem busca a opção mais econômica, o melhor é o transporte de linha em 4×4. O horário comum de saída é entre 9h e 11h, a viagem tem duração de 1h30 e é bastante desconfortável. O custo, por pessoa, é de R$ 40. Outra opção — não tão econômica, mas ótima para quem tem menos tempo na região — é aproveitar um passeio a partir de Barreirinhas para já ficar em Atins. Nesse caso, você poderá optar por um passeio para Atins e Canto de Atins e, ao final do dia, já ficar por lá. Outra alternativa é fazer o passeio de lancha para Caburé e negociar com o barqueiro a possibilidade de ser deixado em Atins, que está muito próximo de Caburé.

3- Praia da Lagoinha do Leste – Florianópolis – Santa Catarina

A Praia Lagoinha do Leste figura entre as mais bonitas praias desertas do Sul do Brasil. Escondida em terras catarinenses, Lagoinha do Leste é para quem gosta de aliar praia a uma boa atividade física, já que ela é uma das faixas de areia mais difíceis de serem visitadas em Florianópolis. Para chegar até lá, será necessário pegar um barco ou uma das duas trilhas pelos costões rochosos. O visual compensa em ambos os percursos. Muito preservada e parte do parque municipal de mesmo nome, a Praia da Lagoinha do Leste é praticamente um refúgio perfeito para quem procura isolamento em meio à natureza. A faixa de areia é clara, cercada por dunas e montanhas e o mar é bem batido, o que costuma atrair também alguns surfistas.

Além da praia, quem for à Lagoinha do Leste consegue curtir a lagoa (como bem diz o nome) que se conecta ao mar. Quem tiver mais pique poderá ainda encarar a trilha para o Morro da Coroa, de onde se tem um visual incrível para a Praia da Lagoinha do Leste.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

praias desertas no brasil

Praia da Lagoinha do Leste

Como chegar à Praia da Lagoinha do Leste

Há duas trilhas que levam à Praia da Lagoinha do Leste. A primeira, com 4 km de extensão e visual mais bonito, parte da Praia do Matadeiro (vizinha à Praia da Armação). A segunda trilha, com cerca de 2 km de extensão e um pouco mais íngreme, parte da Praia de Pântano do Sul. Vale fazer o percurso começando por uma e terminando pela outra, assim você conhecerá os dois lados da praia. Não deixe também de fazer a Trilha do Morro da Coroa para um lindo visual. No canto direito da praia há um pequeno quiosque com bebidas e comidas para ajudar a recuperar a energia depois da trilha.

Outra opção para chegar à Praia da Lagoinha do Leste é um passeio de barco que parte da Praia do Pântano Sul. O trajeto leva apenas 15 minutos e depende das condições do mar.

4- Praia Brava do Camburi – Ubatuba – São Paulo

Praia Brava do Camburi é um dos segredinhos mais bem guardados entre os frequentadores de Ubatuba. Mesmo em dias de grande movimento no Litoral Norte de São Paulo será difícil encontrar a Brava do Camburi repleta de visitantes. O mais comum é ver por lá apenas alguns surfistas em busca de boas ondas e um clima tranquilo em meio à natureza. A faixa de areia longa, as boas árvores com sombra abundante e o visual espetacular ajudam a relaxar imediatamente. É lugar para passar o dia todo. Ah! Mas como é uma praia deserta mesmo, não há nenhum quiosque por lá. Leve todo o necessário para não passar aperto. Praia Brava do Camburi, em Ubatuba – São Paulo

 

A Brava do Camburi se mantém vazia por não ter placas de sinalização na estrada que mostrem o início da trilha, que tem grau de dificuldade médio e por isso limita o acesso de grande parte do público. Vale ir à Brava do Camburi pela trilha à beira da rodovia Rio – Santos e também a partir da Praia do Camburi. O importante é não deixar de visitar esse paraíso do Litoral Norte de São Paulo. Veja mais dicas de praias em Ubatuba.

Como chegar à Praia Brava do Camburi

A Praia Brava do Camburi está distante 44 km do Centro de Ubatuba. O acesso é por trilha a partir de um bar à beira da estrada, um pouco antes da entrada da Cachoeira da Escada e da pista que desce para a Praia do Camburi (cerca de 4 km antes). Não há placas indicativas. O ideal é usar o Google Maps para localizar o ponto mais próximo à praia e então observar a presença do bar à beira da RioSantos, local que marca o início da trilha e onde há estacionamento para os carros.

O trecho em trilha exige um pouco de fôlego dos visitantes, já que começa com uma descida bem íngreme (que na volta vira uma subida cansativa). O percurso leva, em média, meia hora. Vale todo o sacrifício! Outro percurso disponível para chegar à Praia Brava do Camburi é a trilha a partir do canto direito da Praia do Camburi. O percurso é mais longo e nós não percorremos essa rota durante a viagem. Para quem vai de ônibus a partir do Centro de Ubatuba, a linha que leva à região é a 23 – Camburi.

5- Praia do Dentista – Ilha da Gipoia / Ilha Grande – Rio de Janeiro

O desenho da Praia do Dentista é um capricho da natureza, que intercala verde e branco em ondas que dão formato a esta que é uma das mais espetaculares faixas de areia da Costa Verde do Rio de Janeiro. Localizada na Ilha da Gipóia (vizinha à Ilha Grande e segunda maior ilha de Angra dos Reis), a Praia do Dentista (também chamada de Praia de Jurubaíba) é cenário que encanta a todos os visitantes que estão aproveitando dias de descanso em Angra dos Reis ou na Ilha Grande. Com mar calmo, extremamente transparente e de cores intensas que variam de acordo com o céu, essa é uma praia imperdível para quem está na região. A Praia do Dentista é totalmente deserta, sem quiosques ou vendedores ambulantes. Nos finais de semana, ela recebe um público badalado, que chega em iates e lanchas para curtir o paraíso.

Leia também: Pontos turísticos do Rio de Janeiro

praias desertas no brasil

Praia do Dentista

Como chegar à Praia do Dentista

O roteiro de passeio de lancha que leva à Praia do Dentista é o Ilhas Paradisíacas, que percorre praias desertas localizadas em outras ilhas que não a Ilha Grande propriamente dita. O custo do passeio, sempre feito de lancha, é a partir de R$ 140. O valor pode variar de acordo com a temporada. O percurso tem 6h de duração e passa por outras ilhas. É comum que haja parada para almoço. Quem quiser mais privacidade ou curtir a Praia do Dentista sozinho pode alugar uma lancha particular e ficar por lá. Veja mais dicas de praias na Ilha Grande.

Veja reportagem completa direto do Melhores Destinos


COMPARTILHAR NO WHATSAPP